Home » Notícias » Descamadora: Invento de piscicultor mineiro facilita a retirada de escamas de peixes
Descamadora

Invento de piscicultor mineiro facilita a retirada de escamas de peixes e agrega valor ao produto no mercado

Texto Gustavo Laredo*
Ilustração Filipe Borin

como elaborar descamador

Quando voltou dos Estados Unidos, em agosto de 2005, o produtor José Rodrigues de Rezende, também chamado de Zé Batata, quis investir os dólares ganhos lá fora em piscicultura. Começou do zero, fazendo cursos, indo a seminários da Emater de Minas Gerais e perguntando aqui e acolá o que de fato era real ou conversa de pescador nesse mercado, que, segundo ele, ainda não está saturado. Em pouco tempo, o negócio prosperou. “Comecei com um tanque-rede. Hoje tenho nove e estou negociando mais três”, afirma.Na propriedade, em Central de Minas, Rezende retira cerca de 600 quilos de tilápias por tanque. Ele percebeu que ganhava mais ao entregar os peixes já descamados, mas faltava um equipamento para fazer o serviço.

Com muita sucata e criatividade, Rezende inventou uma máquina capaz de limpar os peixes em pouco tempo. O pescado é colocado em uma bandeja de metal e, ao passar por cerdas de borracha fixadas a um eixo e acionadas por um motor, é descamado. O equipamento de Zé Batata lhe rendeu a quinta colocação no Prêmio Criatividade Rural de 2009, da Emater mineira. Uma surpresa, segundo ele: “Estava mais interessado em agilizar o processo de limpeza. O prêmio veio de lambuja”.

O custo da descamadora pode chegar a 300 reais, dependendo de quem irá soldar as peças. No caso de Zé Batata, um amigo o ajudou nessa parte.

A manutenção do equipamento é bastante simples: basta lubrificar as partes móveis e trocar as cerdas quando estiverem desgastadas.

Mãos à obra

Texto Gustavo Laredo*
Ilustração Filipe Borin

Material
7 barras de metalon de 3/2″ e 35 cm de comprimento cada
4 barras de metalon de 3/2″ e 55 cm de comprimento cada
2 barras de metalon de 3/2″ e 70 centímetros de comprimento cada
2 metros de barra de 1″ de espessura e 2 cm de largura
2 mancais e 1 eixo
2 rolamentos de moto
1 polia de 10 cm de diâmetro
1 polia de 6 cm de diâmetro
1 motor de 1/3 cv (cavalo-vapor)
1 bandeja de metal de 45 cm de comprimento por 35 cm de largura
2 dobradiças de 6 cm cada
2 chapas de metal de 7 cm de comprimento por 2 cm de largura cada
9 parafusos, porcas e arruelas para a fixação das cerdas de borracha
4 parafusos, porcas e arruelas para a fixação do motor
4 parafusos, porcas e arruelas para a fixação dos mancais
1 correia
1 pneu de moto
1 chapa de lata de 40 cm de comprimento por 15 cm de largura
Fios
Tomada macho
Chave liga-desliga
Tinta zarcão e alumínio


como fazer descamadeira

1>>> Construa a armação de metalon soldando as barras de 55 e 35 cm de comprimento até formar uma estrutura retangular, conforme a figura. Não feche a frente da descamadora
2>>> Solde dois pedaços de 20 cm da barra de 1 polegada de espessura nas laterais superiores e interiores da estrutura de metalon. Deixe um espaço de 2 cm entre cada pedaço de barra
3>>> Fixe as duas dobradiças na barra de metalon de 35 cm. Solde transversalmente duas barras ao metalon de 70 cm para dar firmeza à estrutura
4>>> Solde na bandeja de metal as duas chapas de 7 cm de comprimento, formando um “V”. Elas servirão de suporte para colocar a cabeça do peixe
5>>> Monte a parte superior da descamadora, onde será colocado o motor. Solde duas barras de metalon de 70 cm a uma barra de 35 cm, formando uma estrutura em “U”. A 20 cm de distância desse último pedaço, fixe paralelamente mais uma peça de 35 cm. Deixe um espaço de 23 cm no retângulo formado e solde duas pequenas barras de 20 cm cada, uma ao lado da outra. Elas servirão de suporte para o motor
6>>> Fixe o motor nas duas barras de 20 cm soldadas no metalon. Coloque a polia de 6 cm no eixo
7>>> Parafuse os dois mancais e os dois rolamentos de moto nas extremidades da estrutura em “U” formada no passo 5. Encaixe a polia de 10 cm no rolamento colocando na mesma direção em que o motor foi fixado. Por fim, ajuste a correia nas duas polias
8>>> Corte a barra de metal de 1 polegada de espessura em três pedaços de 20 cm cada. Faça em todas elas três furos com distância de um palmo entre eles. Solde as barras ao eixo preso aos rolamentos da moto
9 >>> Corte o pneu da moto em três tiras iguais de 24 cm de comprimento por 6 cm de largura. Faça pequenos recortes em cada tira, deixando-as no formato de um pente. Parafuse as tiras nas barras que foram soldadas no eixo. Coloque por cima mais uma barra de metal para fechar o suporte das cerdas “passo 8″
10>>> Fixe a parte superior da descamadora à estrutura retangular. Junte-as pela dobradiça colocada no passo 3, unindo os tubos de metalon de 35 cm. Para proteger os pentes de borracha, solde um chapa de lata à frente do eixo e dos mancais. Essa chapa é sustentada por dois pedaços de metal de 30 cm cada
11>>> Conecte os fios do motor à chave liga–desliga e à tomada macho para ligar na fonte de energia. Encape os fios para evitar choques elétricos. Passe tinta zarcão e deixe secar, depois pinte com tinta alumínio para dar acabamento

Fonte: revistagloborural.globo.com

MAIS INFORMAÇÕES: José Rodrigues de Rezende, Fazenda Lagoa Verde, Zona Rural de Central de Minas, MG, CEP 35260-000, tels. (33) 9917-5996 e (33) 8832-5817 – zezebatata@msn.com

4 Comentários to “Descamadora: Invento de piscicultor mineiro facilita a retirada de escamas de peixes”

  1. danilo palmer 2 de novembro de 2010

    É possivel ver em algum video, na internet?
    É comercializado, em que condições?
    obrigado

  2. Meus amigos, é possivel ver algum video do equipamento em funcionamento?

  3. Prezado Fabio, vc deve entrar em contato com o inventor pelo email zezebatata@msn.com.
    obrigado por visitar o http://www.salvadorbahia.com.br

  4. Fabio Castelo Branco Costa 12 de julho de 2010

    Prezado José,
    Achei muito bom o teu invento. Você comercializa o equipamento? Aguardo informações.
    Fabio