Home » Eventos, Notícias » Inscrições para Encontro de Moda e Cultura da Bahia vão até domingo

artesanato-local-palha2

ENCONTRO DISCUTE A IDENTIDADE DA MODA BAIANA, INVESTIMENTOS E POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O SETOR

Está chegando a hora de mostrar que a moda produzida na Bahia é uma forma importante de expressão cultural e que, com os investimentos certos, o estado pode ser um grande pólo de produção nacional do setor.

Para isso, nos dias 27 e 28 de agosto, acontecerá a primeira edição do Encontro de Moda e Cultura da Bahia, em Salvador.

Organizado por designers baianos e seus apoiadores, o Encontro reunirá 150 participantes para discutir o atual panorama da moda baiana, chamar a atenção para a necessidade de investimentos e de organizar este setor, entre outros temas importantes.

O evento acontecerá no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Bahia), no centro da cidade. O encontro contará com a participação de nomes como Alexandre Figueira Rodrigues, diretor geral do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do SENAI (CETIQT), a coordenadora do projeto Talentos do Brasil, Patrícia Mendes, a professora do curso de moda da Universidade Salvador (Unifacs) Virgínia Saback; a empresária e representante do Sindicato das Indústrias de Vestuário (Sindvest) Goya Lopes e a designer Luciana Galeão.

Segundo Luciano Cenci, artesão de moda e coordenador do Encontro, o grande momento da moda brasileira e baiana ainda vai acontecer. “Para isso é necessário pensar em grupo, pensar culturalmente, pois o foco excessivamente competitivo do mercado impede o crescimento conjunto. Esse encontro aponta na direção da união do setor para que todos se beneficiem do seu potencial”.

Se 2009 foi um ano considerado difícil e que afetou a economia de vários países, inclusive o Brasil, em 2010 o panorama é bem diferente com o reaquecimento da economia em diversos setores.

Estimativas do governo federal apontam para um crescimento de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. Atenta a esse índice, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), faz uma projeção de crescimento de 4% para o setor têxtil; de 3,7% para o segmento de confecção; e de 6,5% para o varejo; com faturamento de R$ 50 bilhões e geração de 40 mil postos de trabalho em todo o país até o final do ano.  Está na hora da Bahia se inserir nessa onda de crescimento.

A empresária e representante do Sindicato das Indústrias de Vestuário (Sindvest), Goya Lopes, há anos tem como marca registrada de seu trabalho a cultura afro-brasileira. Hoje, ela se mostra satisfeita com a realização do Encontro de Moda e Cultura da Bahia, que pretende firmar a moda baiana como forma de expressão cultural.

Mas Goya, que também faz parte da coordenação do Encontro, aponta outras carências do setor local, entre elas a necessidade de iniciativas iguais as realizadas no Ceará e Pernambuco. Estes estados estão entre os mais desenvolvidos da região Nordeste nos setores de confecção e têxtil e investiram na qualificação de mão-de-obra. “Agora o governo está incentivando a inserção do profissional de design nas micro-empresas, que ao lado da qualificação profissional, são pré-requisitos fundamentais para o desenvolvimento da indústria na Bahia”, explica.

No mês de setembro, entre os dias 16 e 18, é a vez do I Seminário Nacional de Moda, organizado pelo Ministério da Cultura (MinC), que irá discutir os mesmo temas em escala nacional.

As inscrições são gratuitas para os dois eventos e estarão abertas até o dia 15 de agosto. O formulário para o Encontro de Moda e Cultura da Bahia está disponível no blog: http://modaeculturabahia.wordpress.com/. Mais informações pelo e-mail:modaeculturabahia@gmail.com; ou no twitter: @modaeculturaba.

Já as inscrições para o I Seminário Nacional de Moda devem ser feitas no link:http://sistemas.cultura.gov.br/snmoda/frmsnmodas/frmSNModas.php

Os interessados devem fazer a inscrição para os dois eventos, que passarão por comissões de seleção. Não é necessário passar pelo encontro estadual para ser delegado no seminário nacional, pois esta escolha será feita pelas comissões encarregadas.

A realização do evento conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura da Bahia (SECULT) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os apoiadores são a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI), Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador (CDL), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Ministério da Cultura (MinC), Sindicato das Indústrias de Vestuário (Sindvest), Instituto de Artesanato Visconde de Mauá e  Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB).

Serviço:

Encontro de Moda e Cultura da Bahia

Dias: 27 e 28 de agosto

Onde: Auditórios do Sebrae Bahia e Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador (CDL), Centro

Mais informações: http://modaeculturabahia.wordpress.com/

E-mail: modaeculturabahia@gmail.com

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!