Home » Turismo » Restauração do Palácio Rio Branco traz ainda mais charme ao Centro Histórico da cidade de Salvador na Bahia

Palacio Rio Branco Salvador Bahia antes da restauraçã

Palacio Rio Branco Salvador Bahia antes da restauração, em breve postaremos uma imagem da nova fachada

O Centro Histórico de Salvador ganhou uma nova atração turística. Foi reinaugurado nesta quinta-feira 11 de junho de 2010, o Palácio Rio Branco, um dos monumentos mais visitados da capital baiana. Localizado na Praça Tomé de Souza, em frente à Prefeitura Municipal, o Palácio agora conta com nova fachada e interior. Pisos, vitrais e a cobertura também foram reformados.

O Ministério do Turismo (MTur) investiu R$ 6,7 milhões nas obras. O objetivo é revitalizar todo o Centro Histórico da capital baiana até 2014, quando o Brasil recebe a Copa do Mundo. Segundo o ministro Luiz Barretto, o Palácio Rio Branco é uma oportunidade a mais para Salvador cativar seus turistas e fazer com que eles retornem à cidade. “O trabalho foi muito bem feito, o monumento está pronto para receber os visitantes. Olhando o resultado final, é impossível resistir a uma visita a todos os seus espaços”.

Fonte: Embratur

Um pouco da história do Palácio:

O Palácio Rio Branco é a antiga sede do governo da Bahia, e um dos mais antigos palácios do Brasil. Está situado em Salvador, na Praça Tomé de Sousa, onde também se encontram a Prefeitura da cidade, a câmara municipal e o Elevador Lacerda.
O palácio começou a ser construído pelo primeiro governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa, em meados do século XVI, para ser o centro da administração portuguesa. No início era de taipa de pilão, recebendo posteriormente pequenas ampliações. Teve várias funções, como quartel e prisão. Abrigou Dom Pedro II, quando este veio em visita a Bahia em 1859. No fim do século XIX, ainda ostentava a velha fachada colonial portuguesa, símbolo de decadência na nascente República. Recebeu então uma profunda reforma, ficando pronto em 1900, na gestão do governador da Bahia, Luís Viana. Passava então a exibir um nobre e imponente estilo neoclássico, bem ao gosto francês.
Em 10 de janeiro de 1912, o palácio foi um dos pontos atingidos pelo bombardeio efetuado na cidade do Salvador, a mando do Presidente da República Hermes da Fonseca. O prédio ficou praticamente em ruínas. Entre as várias perdas, a mais dolorosa foi a destruíção do rico acervo de livros raros que ficava na parte térrea. Depois daí, começou a reconstrução, sendo reinaugurado pelo governador Antônio Ferrão Moniz de Aragão, em 1919. O palácio reerguido recebeu o nome de “Rio Branco”, em homenagem a um dos maiores estadistas brasileiros, o Barão do Rio Branco. Em 1984 foi feita uma restauração completa no prédio, devido ao péssimo estado de conservação em que se encontrava. Hoje abriga a Fundação Pedro Calmon, a Fundação Cultural do Estado da Bahia e o “Memorial dos Governadores”.

Fonte: Wikipédia

Telefone do Palácio Rio Branco: (71)3321-0204

3 Comentários to “Restauração do Palácio Rio Branco traz ainda mais charme ao Centro Histórico da cidade de Salvador na Bahia”

  1. este monumento esta Lindo obrigada peLa consevaçao do mesmo conterranio manoeL Tel -0113495-6913 -0119880-8780 .vivo .obrigada DEUS ti abençoi

  2. boa noite amigo

  3. Essa restauração não ficou muito boa! Eu achei um horror!